Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.X
Fapimepe

Como eleger a dobradiça que necessita

Como selecionar a sua Dobradiça


Constante (K)

A montagem de uma porta sobre a ilharga do móvel, realiza-se habitualmente de 3 formas distintas (fig.1, 2 e 3). Cada umas destas montagens tem a sua própria constante. Esta constante é a distância da base do braço da dobradiça e o limite do copo da mesma, estando a dobradiça fechada. Como pode verificar nas figuras abaixo, cada montagem tem a sua própria constante, determinada pelas diferentes alturas dos braços das dobradiças.


Fig. 1 Braço Reto: Apresenta a maior constante para que a porta sobreponho toda a ilharga do móvel;

Fig. 2 Braço Meia Curva: Apresenta uma constante intermédia para que a porta sobreponha metade da ilharga do móvel;

Fig. 3 Braço Curva Total: Apresenta a menor constante para que a porta trabalhe no interior da ilharga, sem sobreposição.


Buraco na Porta (B)

É a distância do limite do furo para a dobradiça e a aresta da porta. Esta medida é variável dentro de um intervalo para cada tipo de dobradiça. Estas margens são especificadas nas informações técnicas dos diferentes tipos de dobradiças de que dispomos.


Profundidade do Copo (H)

É a profundidade de perfuração a ser realizada na porta para encaixar o copo da dobradiça. Dependendo da dobradiça pode ser utilizado 10.5 ou 12.5mm.


Deslocação Lateral da Porta (F)

O vértice exterior da porta tem uma pequena deslocação lateral. Esta deslocação deve ser respeitada para poder abrir a porta. Os dois fatores que condicionam a tal deslocação são a espessura da porta (G) e a distância do furo para a dobradiça à aresta da porta (B).

Nos catálogos encontrará uma tabela onde se demonstrará esta deslocação.


Calços

São placas-base de diferentes alturas, que permitem a sobreposição precisa da porta em relação à ilharga do móvel.


Cálculo do Calço (C)

O cálculo do calço depende diretamente de três variáveis:

a)     A constante da dobradiça (K);

b)     A distância à aresta da porta (B);

c)     A medida da sobreposição da porta à ilharga do móvel, que é a mesma no caso de usar a dobradiça reta ou meia-curva;

O espaço entre a porta e a ilharga do móvel, no caso de usar a dobradiça curva-total.

Nestas condições, as fórmulas necessárias para o cálculo nos distintos tipos de braço, demonstram-se abaixo:



Dobradiças Necessárias e a Sua Disposição na Porta

O número de dobradiças que se deve colocar numa porta, depende de vários fatores. Entre eles, deveremos ter especial atenção, ao tipo de dobradiça que vai utilizar; o peso da porta; a largura; a altura, etc.. Assim e dado que a variáveis são muitas, recomenda-se que observe a figura abaixo, a qual poderá servir como uma orientação para a sua decisão.


 219 758 720     info@fapimepe.pt